X
Assinatura de Newsletter

MARKETING DE CONTEúDO, SUA NOVA PROPAGANDA

Primeiro artigo da série "O Conteúdo que te Faz Vender Todos os Dias", uma sequencia de artigos que vão lhe ensinar, na prática, como criar conteúdo para seu Blog que atraia milhares de visitantes todos os dias para seu site.

Não deixe de acompanhar essa série que vai mudar sua forma de publicar artigos no seu blog.

Vamos lá! No passado a propaganda já foi baseada em panfletagem e comerciais de televisão, mas é claro que tudo isso demanda investimento pesado e, na era da informação rápida, as coisas mudaram um pouco, de modo que essa linguagem externa e direta, conhecida como outbound marketing, já não trás os mesmos resultados de antes.         

Isso porque, como se sabe, hoje as pessoas passam muito mais tempo diante das telas dos seus notebooks e smartphones, do que assistindo televisão e lendo jornais, sendo assim foi preciso usar técnicas mais modernas e criativas para captar a atenção do consumidor.

De modo que pode-se dizer que uma empresa que faz suc­esso e gera alta lucratividade no mercado atual, é aquela que melhor desenvolve seu trabalho de divulgação e interação no ambiente virtual. 

Mas na internet o marketing não se trata somente de anúncios rápidos e slogans em linguagem imperativa. Para ser visto nesse ambiente é preciso mais do que isso, e o inbound marketing, por vezes também chamado de marketing de permissão, é a prova de que encantar pessoas pela qualidade do seu serviço é melhor, mais lucrativo e até mais barato, do que simplesmente vencê-las pelo cansaço e repetição muito explorados no passado.

Conteúdo de impacto

E na sua base, a expressão: marketing de permissão significa que hoje o usuário precisa se sentir inclinado a visitar um site, consumir seu conteúdo de maneira cíclica, seguir a plataforma por vontade própria para só então sentir segurança em adquirir os seus produtos.  Pode parecer complicado, mas na prática este é um caminho a ser percorrido naturalmente.

Só cabe ao empreendedor colaborar com esse avanço natural, fornecendo meios para reter a atenção de todas essas pessoas.

Mas como fazer isso? O que levaria uma pessoa a se identificar com uma marca a ponto de contratar os seus serviços?

A qualidade e a relevância das informações que a plataforma oferece aos seus usuários é o diferencial que basicamente transforma visitantes em clientes efetivos é criando um conteúdo de impacto, que de fato seja útil na vida dos seus usuários fica muito mais fácil transformá-los em parceiros fiéis da sua empresa.

Como veremos posteriormente todo esse trabalho precisa ser construído gradualmente de modo que os visitantes do seu site transitem gradualmente entre os status de visitante colateral, para então usuário assíduo e por fim, consumidor. 

E como se dá o processo de afunilamento de interesse? Ou seja, como ajudar o visitante do seu site a entender que o seu produto é tão interessante quanto o seu conteúdo?

Bem, para transformar o usuário do seu site em um cliente efetivo, que compra os seus produtos, o empreendedor digital precisa entender que a ideia é provocar o direcionamento desse usuário, incentivando-o a pesquisar e navegar cada vez mais dentro do site, conquistando sua confiança gradualmente, com matérias pertinentes e que sejam realmente úteis, mas que também sirvam para demonstrar a sua expertise sobre o produto transformando-se em uma autoridade no assunto.

E é nesse ponto que surge uma outra expressão muito usada no marketing de conteúdo digital que é o funil de vendas.

 O famoso funil de vendas

Se você se interessa por marketing digital e web conteúdo, provavelmente já ouviu  esta expressão “funil de vendas”.

Pois é, compreender esta ideia é essencial e pode ser mais fácil do que parece.

Imagine uma pirâmide invertida na qual a ponta, voltada para baixo, represente a quantidade de usuários de um site que realiza a compra de produtos e serviços dentro da plataforma.

Isso significa que todo o corpo da pirâmide simboliza a quantidade de usuários que acessam o conteúdo do site, sem contudo, realizarem a contratação ou compra desses serviços.

É importante entender que, os visitantes na parte mais larga dessa pirâmide ou funil, encontram o site da empresa através das buscas do Google, utilizando palavras chaves genéricas e termos gerais, enquanto que a quantidade intermediária de visitantes, localizada do meio para baixo do funil representa a porcentagem de pessoas que visita o site porque já conhece a plataforma e decidiu acessar o endereço virtual por vontade própria.

É este público que posteriormente se tornará. em uma massa de clientes efetivos, pessoas que adquirem desse site os seus produtos e serviços.

Mas a dúvida persiste. Afinal, como levar o usuário da parte mais ampla até a ponta do funil de vendas?

A resposta para essa pergunta está na palavra mais repetida no segmento de marketing digital : Conteúdo.

Conteúdo: A internet é feita de informação

Agora experimente entrar em um ambiente virtual através de alguma rede social ou mesmo da página de resultados do Google e observe este cenário com atenção.

Perceba que tudo o que você verá nestas plataformas em forma de texto, vídeo ou imagem, pode ser resumido com uma única palavra: Conteúdo.

Pois é, o que chamamos de conteúdo digital é todo material que preenche os sites e blogs, canais e perfis, e pode ser encontrado na internet em forma de vídeos, artigos, áudios (podcasts) imagens (memes) e infoprodutos, como cursos e e-books, por exemplo. 

Por que produzir conteúdo?

Segundo um artigo publicado no UolHost em dezembro de 2017, as empresas que investem em conteúdo digital disparam nos rankings de vendas se comparadas as que não exploram esse recurso.

Uma pesquisa da plataforma Hubspot comprovou que as empresas que publicam 16 artigos mensalmente, alcançam três vezes mais público do que as que decidem realizar a postagem de somente 4 artigos. Isso significa que quanto mais conteúdo, mais visitantes e é claro, que quanto maior o número de visitantes, mais compartilhamento, mais engajamento e é claro, mais pessoas se interessam em consumir os produtos e serviços oferecidos. 

6 motivos para investir agora mesmo em conteúdo digital

A seguir veja algumas razões para investir agora mesmo em conteúdo digital para o seu site ou blog:

            1 -Promover a autoridade de uma marca ou pessoa comprovando seu potencial ou conhecimento sobre determinado assunto.

            2-Angariar seguidores.

            3- Melhorar o posicionamento de um site nos rankings de busca do Google.

            4- Aumentar vendas

            5-Expandir a área de atuação de uma empresa

            6- Conquistar um público diverso ou mais amplo.  

Mas muito mais que a quantidade, o conteúdo digital deve ser desenvolvido seguindo as estratégias de produção cuidadosamente, afinal esse trabalho só proporciona resultados positivos quando é de fato capaz de informar e ajudar o seu público-alvo.

E como sabemos, a ideia do inbound de sucesso consiste no princípio de que as pessoas visitem um determinado site por vontade própria e que achem a abordagem realmente relevante e útil para as suas vidas.

Dessa forma a plataforma cresce, ganha respeito e seguidores fiéis, dispostos à investir efetivamente nos seus produtos e serviços oferecidos.

Mas falar em criar com qualidade e relevância é muito simples, se comparado com o exercício dessa atividade na prática.

Informar para vender

Informar. Não é atoa que a internet está repleta de materiais desenvolvidos com essa finalidade.

Como se pode ver, o ambiente virtual é basicamente feito de informação e o acesso as novidades é cada vez mais rápido, e dessa maneira mais e mais empresas brigam por espaço, utilizando das estratégias de marketing para conquistar o público, o que deixa o ambiente virtual mais rico de conteúdo a cada minuto, e por consequência, muito mais interessante tanto para os consumidores e quanto para os empreendedores.

Perceba que hoje, dificilmente um consumidor realiza uma compra sem consultar antes os resultados do Google e é aí que entra o já famoso marketing de conteúdo, que nada mais é do que a informação direcionada ao propósito de vendas.

Afinal, como vimos, para agregar pessoas ao redor de uma causa, que pode ser uma marca ou uma identidade pessoal, é preciso desenvolver um conteúdo que seja relevante e que traga entretenimento e informação na medida certa.

E este parece um trabalho simples se colocado nesses termos, mas é justamente nesse ponto que está a maior dúvida dos investidores do meio digital que é: “ Afinal, como saber quais as necessidades do público?”.

Siga a nossa plataforma para responder estas e outras dúvidas sobre marketing de conteúdo e não perca nenhuma das nossas atualizações sobre o mundo do marketing digital.







Deixe seu comentário

 
117 Projetos Concluidos
36 Clientes Felizes
8265 Xícaras de Café
312 Reuniões Produtivas
Faça com que sua empresa seja vista

Conte conosco para fazer suas vendas decolarem!

Cadastre seu email e receba um conteúdo rico para te ajudar a decolar!

 
 
FbeSeen no acebook beSeen no Twitter beSeen no Google Plus beSeen no YouTube beSeen no Instagram
© 2019 - beSeen - Agência Digital
Avenida Presidente Vargas, 824, 17º Andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP 20071-001 Telefone: (21) 2184-7301, WhatsApp: (21) 7110-7027
WhatsApp - beSeen